Primeiro do segundo.

Início de período deveria ser para esquecer o que já foi e viver a talvez nova fase, mas eu penso que na universidade é um pouco diferente. Nela você passa a somar e não a isolar o “x” no canto de lá do cérebro. Acumulação de experiências. É isso.

Hoje, inicia-se mais um período e eu ainda tenho a sensação de que é tudo novo como naquele momento que entrei pela primeira vez naquela “cidade” como estudante. Foi o dia do “como será que me visto?”, “como será que sorrio?”, “como será que olho?”, “como será?”. Todo dia naquele lugar grande é novo. E eu espero de ver-da-de que sempre tudo melhore. “Sempre dá pra melhorar…”.

E é por isso que selecionei momentos do primeiro período. São fotos que eu nunca tiraria se não tivesse estudado bastante ano passado para chegar onde cheguei. Num lugar que eu não fazia a mínima idéia do que era, mas que almejava tanto descobrir. Lembrando que o mais importante nessas fotos são o momento e a emoção que elas causam. Por um momento, vou esquecer aqueles princípios da Gestalt que a gente ouviu falar tanto nesse semestre.

IMG_5703

532130_375981022517758_26877112_n575797_393500747432452_1644531981_nFoto0312DSC_0007

2013-07-18 20.36.20

Foto0475

2013-06-17 20.31.32cbcvc

IMG_6328

1262636_499355403481418_2105123098_o

IMG_6569

1237256_499358026814489_539497303_o

IMG_6685 IMG_6692 IMG_6705 IMG_20130829_094959SC__8540Foto0481DSC06680DSC06735DSC06776

2013-09-09 16.30.39

Comprei! Cidadania no Brasil – o longo caminho.

Na faculdade, uma disciplina chamada “Comunicação, História e Sociedade” chamou a minha atenção. Era, basicamente, a história do Brasil. O professor Rafael Simões trabalhava períodos brasileiros a partir do conceito de cidadania. O livro utilizado por ele era “Cidadania no Brasil – o longo caminho”, de José Murilo de Carvalho. Eu adorei ler os primeiros capítulos.

Nós podíamos pegar o livro na biblioteca e também havia a possibilidade da xerox, mas eu achei ele tão interessante que resolvi comprá-lo na Saraiva. É uma boa dica para quem estuda Direito ou Comunicação Social. José Murilo de Carvalho narra toda a trajetória brasileira de 1500(chegada dos portugueses) à 1985(redemocratização). Para isso, utiliza uma visão diferenciada fazendo com que o leitor pense e reflita sobre o que é cidadania e como se deu a busca pela garantia dos direitos civis, sociais e políticos. A opinião dele e a forma de organizar as idéias são muito interessantes. É uma aula de história para quem está no mundo acadêmico. Vale a pena ler, revisar o conteúdo estudado no ensino básico e adicionar novos conceitos também. 

IMG_5623IMG_5377IMG_5625 IMG_5626