Os 20 anos.

Tenho tanto o que falar. Muito aconteceu desde o início dos 20 antes dos 20. Apesar de não postar todos os dias da minha lista aqui, eu fiz quase tudo que havia combinado comigo mesma. Só faltaram dois itens da lista para completar, mesmo assim, foi uma experiência incrível! Ainda que eu não tenha postado todos os outros dias aqui, cada momento foi especialmente único. Eu me sentia grata e repetia todas as vezes: eu também posso.

O projeto me ensinou que devemos ser mais assíduos com nossos objetivos, mais focados e mais otimistas. É preciso também agarrar as oportunidades. Quantos itens da lista aconteceram naturalmente? Depois que listei tudo, as oportunidades vieram com o tempo. Agarrei-me a todas elas.

O importante é lembrar também que minha lista foi feita ano passado. O que eu era ano passado? Modifiquei-me tanto que mais uma de mim coube dentro desse corpo. Muitos gostos mudaram, muitas prioridades se tornaram outras. É por isso que eu não tive tempo de postar tanto.

Irei publicar toda a história das conquistas e dias inesquecíveis aqui aos poucos. Ainda irá se chamar 20 antes dos 20. Aliás, sempre foi esse o nome do projeto.

Hoje eu completo duas décadas de vida. Eu me espanto sempre que as pessoas perguntam a minha idade e eu respondo “20”. A surpresa vem pelo número. Quando eu era pré-adolescente, ficava me imaginando com essa idade atual e é claro, nada daquilo está acontecendo agora. Mas muitos fatos incríveis estão acontecendo. Talvez, muito mais maravilhosos e concretos do que os meus pensamentos de dez anos atrás.

Fiquei matutando o mês de maio inteirinho que 20 anos é início para tudo andar mais rápido e decair. Porém, vou dizer o que observei horas antes de começar a escrever o texto: meu corpo nunca esteve tão maduro como nesse momento e nunca estive tão realizada com as minhas lutas como hoje. Uma certeza: nunca me senti mais viva como agora.

 IMG_6408

“Há vinte anos você nasceu
Ainda guardo um retrato antigo
Mas agora que você cresceu
Não se parece nada comigo.” (Amanhã é 23 – Kid Abelha)